PSICOLOGIA INFANTIL E JUVENIL

Psicologia Infantil e Juvenil

A Orientação Parental é uma forma de apoio e orientação para os pais e/ou cuidadores que enfrentam dificuldades ou questões relacionadas à educação e criação dos filhos. Durante a consulta o psicólogo, especializado em questões familiares e infantis, irá trabalhar com os pais para identificar áreas de preocupação e desenvolver estratégias para lidar com esses desafios.<br />
Psicologia Infantil e Juvenil

Psicologia Infantil e Juvenil

O que é?

A Psicologia Infantil e Juvenil é uma área da Psicologia que se dedica ao estudo e intervenção no desenvolvimento e saúde mental das crianças e jovens. Esta área procura compreender as diferentes etapas do desenvolvimento humano, desde a infância até à adolescência, e avaliar e intervir nos problemas psicológicos que possam surgir nesses períodos.

O principal objetivo da Psicologia Infantil e Juvenil é promover o bem-estar emocional e psicológico das crianças e dos jovens, garantindo um crescimento saudável e um desenvolvimento adequado. Para isso, os psicólogos infantis e juvenis utilizam uma variedade de técnicas e abordagens terapêuticas, adaptadas às necessidades específicas de cada faixa etária.

A avaliação psicológica é uma parte fundamental do trabalho realizado nesta área. Por meio de entrevistas, observações e aplicação de testes, os psicólogos avaliam o desenvolvimento cognitivo, emocional e social das crianças e jovens, identificando possíveis dificuldades ou transtornos psicológicos.

Com base nos resultados da avaliação, os psicólogos infantis e juvenis desenvolvem planos de intervenção personalizados, que podem incluir terapia individual, terapia familiar, intervenção escolar ou orientação aos pais. O objetivo é ajudar a criança ou jovem a lidar com os desafios emocionais, comportamentais ou de relacionamento que possam estar a enfrentar, promovendo o seu desenvolvimento saudável e o seu bem-estar psicológico.

A Psicologia Infantil e Juvenil também desempenha um papel importante na prevenção de problemas psicológicos.  

EQUIPA DE Psicologia Infantil e Juvenil

SAIBA MAIS SOBRE PSICOLOGIA INFANTIL E JUVENIL

A quem se Destina

A Psicologia Infantil e Juvenil destina-se a crianças e jovens em idade pré-escolar, escolar e adolescente. 

Os profissionais da Psicologia Infantil e Juvenil lidam com uma variedade de questões e desafios que podem afetar o desenvolvimento e o bem-estar psicológico nesta fase da vida.

Esta área da Psicologia é direcionada a crianças e jovens que possam estar a enfrentar problemas emocionais, comportamentais, sociais ou de desenvolvimento. Alguns exemplos de problemáticas comuns incluem:

  • Ansiedade; 
  • Depressão; 
  • Transtorno do espectro autista;
  • Dificuldades de aprendizagem;
  • Problemas de comportamento;
  • Problemas de relacionamento familiar;
  • Traumas;
  • Problemas de autoestima;
  • Entre outros.

A Psicologia Infantil e Juvenil também é relevante para pais, familiares e cuidadores que desejam obter orientação e apoio na educação e no cuidado de crianças e jovens. Os psicólogos podem fornecer estratégias e intervenções para ajudar a lidar com desafios específicos, melhorar a comunicação familiar, promover um ambiente saudável e estimulante, e fortalecer os laços familiares.

Benefícios

A Psicologia Infantil e Juvenil oferece uma série de benefícios significativos para as crianças, jovens e suas famílias.

Aqui estão alguns dos principais benefícios desta área da Psicologia:

  1. Promoção do desenvolvimento saudável: Os psicólogos infantis e juvenis auxiliam no acompanhamento do desenvolvimento emocional, cognitivo e social das crianças e jovens. Fornecem orientações e estratégias para promover um desenvolvimento saudável, ajudando-os a adquirir capacidades e competências necessárias em cada fase do crescimento.

 

  1. Identificação e intervenção precoce nos problemas emocionais e comportamentais: Através da avaliação psicológica, os psicólogos infantis e juvenis podem identificar precocemente dificuldades emocionais, comportamentais ou de aprendizagem. Isso permite a implementação de intervenções adequadas e oportunas, minimizando potenciais consequências negativas no desenvolvimento futuro.

 

  1. Apoio na resolução de problemas e dificuldades: Os psicólogos infantis e juvenis fornecem um espaço seguro para as crianças e jovens expressarem as suas preocupações, medos, ansiedades e desafios. Estes profissionais ajudam as crianças e adolescentes a desenvolverem capacidades para resolução de problemas e estratégias de regulação emocional, capacitando-os a lidar de forma saudável com as dificuldades que enfrentam.

 

  1. Melhoria da autoestima e autoconfiança: Através das intervenções terapêuticas apropriadas, os psicólogos infantis e juvenis ajudam as crianças e jovens a desenvolverem uma imagem positiva de si mesmos, a construírem autoconfiança e a fortalecerem a sua autoestima. Assim, as crianças e jovens ganham ferramentas para enfrentarem desafios, superarem obstáculos e desenvolverem um senso de identidade saudável.

 

  1. Melhoria nos relacionamentos interpessoais: A Psicologia Infantil e Juvenil também aborda os aspectos relacionais das crianças e jovens. Os psicólogos auxiliam na melhoria das habilidades de comunicação, resolução de conflitos e construção de relacionamentos saudáveis com colegas, familiares e outros indivíduos importantes nas suas vidas.

 

  1. Suporte às famílias: Os psicólogos infantis e juvenis trabalham em estreita colaboração com as famílias, fornecendo orientações e estratégias para melhorar a dinâmica familiar, a comunicação e o apoio mútuo. Deste modo, é possível fortalecer os laços familiares e contribuir para o bem-estar geral de todos os membros da família.

 

  1. Prevenção de problemas futuros: Ao identificar e intervir precocemente em problemas psicológicos, a Psicologia Infantil e Juvenil ajuda a prevenir a manifestação de dificuldades mais graves no futuro. O suporte adequado na infância e adolescência pode contribuir para um desenvolvimento saudável e reduzir o risco de problemas persistentes na idade adulta.
Condições que Trata

A Psicologia Infantil e Juvenil trabalha numa variedade de dificuldades e condições psicológicas que podem afetar crianças e jovens nas diferentes fases do desenvolvimento.

Algumas das condições comuns tratadas por psicólogos infantis e juvenis:

 

  1. Perturbações de ansiedade: Isto inclui perturbação de ansiedade generalizada, perturbação de ansiedade de separação, fobias específicas, perturbação do pânico e perturbação da ansiedade social. Os psicólogos ajudam as crianças e jovens a compreenderem e a gerirem a ansiedade, desenvolvendo estratégias saudáveis.
  2. Perturbações do humor: Isto inclui depressão infantil e juvenil e perturbação bipolar. Os psicólogos auxiliam na avaliação e tratamento destas condições, fornecendo apoio emocional e ajudando a desenvolver capacidades de regulação emocional.
  3. Perturbação de hiperatividade e défice de atenção (PHDA): Os psicólogos auxiliam no diagnóstico e tratamento da PHDA, fornecendo estratégias de gestão comportamental, orientações para pais e professores, e apoio no desenvolvimento da capacidade de atenção e organização.
  4. Perturbações do espectro do autismo (PEA): Os psicólogos infantis e juvenis trabalham com crianças e jovens com PEA, fornecendo avaliação, intervenção e suporte nas áreas da comunicação, interação social, comportamento e capacidades adaptativas.
  5. Dificuldades de aprendizagem: Isto inclui problemas específicos de leitura, escrita ou matemática, como dislexia, discalculia e disgrafia. Os psicólogos auxiliam na identificação e gestão destas dificuldades, desenvolvendo estratégias e apoio educacional ajustado.
  6. Traumas e perturbação do stress pós-traumático: Os psicólogos auxiliam crianças e jovens que tenham vivenciado eventos traumáticos, contribuindo com intervenções terapêuticas baseadas em evidências, como a terapia de exposição, para ajudar a processar e a superar o trauma.
  7. Problemas de comportamento: Os psicólogos ajudam pais, crianças e jovens a lidarem com problemas de comportamento, como agressividade, desobediência, impulsividade e problemas de controlo da raiva, através de estratégias de modificação comportamental e treino de capacidades sociais.
  8. Problemas de relacionamento familiar: Os psicólogos oferecem suporte para serem trabalhados conflitos familiares, dificuldades de comunicação e problemas de relacionamento entre pais e filhos, com o objetivo de fortalecer os laços familiares e promover um ambiente saudável.

 

Psicologia Infantil na SAN

Na SAN contamos com um leque de profissionais com vasta formação da área da psicologia, assim como acreditação em áreas complementares assim como a parentalidade consciente ou arterapia.

Sendo esta uma área de intervenção tão multifatorial, uma intervenção eficaz depende sempre de uma equipa:

  • Psicologia
  • Terapia da Fala
  • Terapia ocupacional
  • Psiconeuroimunologia clínica (PNIc)
  • Biomagnetismo
  • Nutrição Funcional
  • Consulta de sono 
  • Psicologia Infantil

Faça a sua marcação

Agende a sua consulta, terapia ou aula

Clínica SAN Saúde Integrativa

R. Dr. Evaristo Sousa Gago 5 RC A,
8150-139 São Brás de Alportel

Clínica Internacional de Vilamoura

Av. Tivoli, 8125-410 Quarteira

(+351) 289 845 131*

*Chamada para a rede fixa nacional de acordo
com o seu tarifário, em Portugal e em roaming

WhatsApp (+351) 934 342 636*

*Chamada para a rede móvel nacional

geral@sanintegrativa.pt

Siga-nos