TERAPIA OCUPACIONAL PEDIÁTRICA

Terapia Ocupacional Pediátrica

terapia_ocupacional_pediatrica__
Terapia Ocupacional Pediátrica

Terapia Ocupacional Pediátrica

O que é?

A Terapia Ocupacional Pediátrica visa ajudar as crianças e adolescentes a alcançarem a máxima independência e participação nas atividades diárias, como autocuidado (vestir, alimentação, banho), nas atividades de vida diária instrumentais (mobilidade na comunidade, gestão financeira), no brincar, lazer, educação e participação social.

O terapeuta ocupacional pediátrico utiliza atividades terapêuticas significativas e personalizadas para ajudar as crianças a desenvolverem e aprimorarem as suas capacidades motoras, cognitivas, sensoriais e emocionais. Nas sessões são utilizados brinquedos, jogos e atividades com movimento.

Os objetivos da Terapia Ocupacional Pediátrica podem variar de acordo com as necessidades individuais de cada criança. Alguns exemplos de áreas de intervenção incluem:

    1. Desenvolvimento motor: Trabalhar o desenvolvimento das competências motoras globais, como a coordenação motora, força muscular, equilíbrio e a motricidade fina.
    2. Competências cognitivas: Promover o desenvolvimento das capacidades cognitivas, como atenção, concentração, raciocínio lógico, memória e resolução de problemas.
    3. Autocuidado: Auxiliar as crianças no desenvolvimento de competências motoras e perceptivas que contribuam para a melhoria no desempenho do vestir, alimentação e higiene pessoal.
    4. Brincar
    5. Participação social: Promover a interação social e o desenvolvimento de capacidades sociais, como compartilhar, cooperar, comunicar-se e estabelecer relacionamentos com outras crianças e adultos. 

Os terapeutas ocupacionais pediátricos trabalham em estreita colaboração com a família e com outros profissionais, como terapeutas da fala, psicólogos e professores/educadores, para garantir uma abordagem integrada e abrangente no atendimento às necessidades da criança.

EQUIPA DE Terapia Ocupacional Pediátrica

SAIBA MAIS SOBRE TERAPIA OCUPACIONAL PEDIÁTRICA

A quem se destina e que condições trata

A Terapia Ocupacional Pediátrica destina-se a crianças e adolescentes desde o nascimento até aos 18 anos, com alterações do desenvolvimento:

  • Atraso global de desenvolvimento
  • Perturbação do espetro do autismo
  • Perturbação de hiperatividade e défice de atenção
  • Disfunção do processamento sensorial
  • Dificuldades de aprendizagem
  • Síndromes genéticas
  • Condições neurológicas
  • Problemas emocionais e comportamentais

 

Benefícios

A Terapia Ocupacional Pediátrica oferece uma variedade de benefícios para crianças e adolescentes em diferentes áreas do desenvolvimento. Aqui estão alguns dos principais benefícios da Terapia Ocupacional Pediátrica:

  1. Desenvolvimento motor: A terapia ajuda a melhorar as competências motoras globais, como coordenação motora, equilíbrio e motoras finas, manipulação e destreza. Isso permite que as crianças realizem tarefas do dia a dia, como vestir, comer, escrever e brincar de forma mais independente.
  2. Desenvolvimento cognitivo: A Terapia Ocupacional Pediátrica promove o desenvolvimento das capacidades cognitivas, como atenção, concentração, memória, raciocínio lógico, planeamento e resolução de problemas. Isso contribui para melhorar o desempenho académico e a participação em atividades de aprendizagem.
  3. Melhorar o desempenho no autocuidado: ao desenvolver competências motoras, cognitivas e sensoriopercetivas, as crianças têm as ferramentas para serem mais autónomas nas suas ocupações diárias.
  4. Intervém com a abordagem de Integração sensorial: A Terapia Ocupacional Pediátrica trabalha a regulação e a integração das informações sensoriais, ajudando as crianças a processarem adequadamente as informações provenientes do ambiente. 
  5. Participação social: A terapia melhora o desenvolvimento de capacidades sociais, como interação com pares, estabelecimento de relacionamentos, comunicação eficaz, empatia e resolução de conflitos. Isso permite que as crianças interajam de forma mais positiva e participem ativamente em contextos sociais, incluindo na escola, em casa e na comunidade.
  6. Adaptação e inclusão: A terapia ajuda as crianças a se adaptarem a desafios específicos, como deficiências físicas, condições médicas crónicas ou deficiências sensoriais. Os terapeutas fornecem estratégias e recursos adaptativos para maximizar a participação e a inclusão em diferentes ambientes.
  7. Bem-estar emocional: A terapia também aborda desafios emocionais e comportamentais, auxiliando as crianças no desenvolvimento de capacidades de regulação emocional, autoestima, resiliência e autoconfiança. Isso contribui para o bem-estar emocional e para uma melhor qualidade de vida geral.
Como funciona uma sessão de Terapia Ocupacional Pediátrica?

Uma sessão de Terapia Ocupacional Pediátrica funciona de forma adaptada às necessidades individuais de cada criança e pode variar consoante a idade, condição e metas terapêuticas específicas. No entanto, existem alguns elementos comuns que podem ocorrer durante uma sessão:

 

  1. Avaliação inicial: A primeira sessão geralmente envolve uma avaliação inicial, na qual o terapeuta ocupacional recolhe informações sobre o historial médico da criança e o seu desenvolvimento através de uma entrevista aos pais/cuidadores. Nas restantes sessões de avaliação através de observação e aplicação de escalas, o terapeuta ocupacional avalia as competências motoras, cognitivas, sensoriais e emocionais da criança. 
  2. Estabelecer metas: Com base na avaliação inicial e nas informações fornecidas pelos pais ou responsáveis, o terapeuta ocupacional estabelece metas terapêuticas específicas. Estas metas são discutidas com a família para garantir que todos estejam alinhados em relação ao que será trabalhado durante as sessões.
  3. Atividades terapêuticas: Durante as sessões de Terapia Ocupacional Pediátrica, o terapeuta utiliza uma variedade de atividades terapêuticas significativas e personalizadas. Estas atividades são projetadas para promover o desenvolvimento das habilidades motoras, cognitivas, sensoriais e emocionais da criança. 
  4. Orientação e apoio: O terapeuta ocupacional fornece orientação e apoio contínuo para a criança e sua família. Isto pode incluir estratégias para lidar com desafios específicos, sugestões de atividades para serem praticadas em casa, adaptações ambientais ou de materiais, e educação sobre a condição da criança.
  5. Colaboração com a família e outros profissionais: A Terapia Ocupacional Pediátrica envolve uma abordagem colaborativa, na qual o terapeuta trabalha em estreita colaboração com a família da criança. Isto inclui partilhar informações sobre o progresso da criança, fornecer recomendações para atividades fora das sessões e responder a quaisquer dúvidas ou preocupações. Além disso, o terapeuta pode colaborar com outros profissionais de saúde terapeutas da fala e psicólogos, para garantir uma abordagem integrada no cuidado da criança.
Terapia Ocupacional pediátrica na Clínica SAN Saúde Integrativa

Contamos com uma equipa de profissionais, que de forma competente e coordenada, trabalham em conjunto para contribuir para os objetivos comuns da terapia, definidos com o paciente. Contamos com um núcleo de profissionais de saúde alinhados na mesma filosofia de saúde, de dentro e fora da nossa equipa, de Portugal e do estrangeiro.

 

Que especialidades trabalham em conjunto com a Terapia Ocupacional pediátrica?

A terapia da fala trabalha em estreita colaboração com outras áreas da saúde para fornecer uma intervenção mais completa e eficaz para os seus pacientes. Algumas das áreas da saúde com as quais a terapia da fala pode trabalhar incluem:

  • Psiconeuroimunologia (PNI)
  • Fisioterapia geral
  • Fisioterapia Respiratória
  • Fisioterapia Neurológica
  • Psicologia
  • Consulta do sono
  • Terapia da Fala
  • Psicomotricidade
  • Osteopatia geral
  • Osteopatia pediátrica

Faça a sua marcação

Agende a sua consulta, terapia ou aula

Clínica SAN Saúde Integrativa

R. Dr. Evaristo Sousa Gago 5 RC A,
8150-139 São Brás de Alportel

Clínica Internacional de Vilamoura

Av. Tivoli, 8125-410 Quarteira

(+351) 289 845 131*

*Chamada para a rede fixa nacional de acordo
com o seu tarifário, em Portugal e em roaming

WhatsApp (+351) 934 342 636*

*Chamada para a rede móvel nacional

geral@sanintegrativa.pt

Siga-nos